CLIA ABREMAR NEWS – EDITORIAIS Toggle

Navios de Cruzeiros: aquecendo os motores

No Brasil, diferentemente do resto do mundo, o Setor de Navios de Cruzeiros vem sofrendo nos últimos anos com reduções de números de Navios e leitos, consequentemente o país perde em impacto econômico e geração de renda e empregos. Na Temporada 2010/2011, chegaram a circular 20 Navios em águas brasileiras, em 2018 são sete. Já se registrou a marca de 800 mil cruzeiristas, atualmente o setor tem a metade. “Poderíamos estar gerando 57 mil postos de trabalho, porém estamos em torno de 28.500, o que é bastante também”, analisa Marco Ferraz, presidente da Cruise Lines International Association no Brasil (CLIA – Brasil). “O impacto econômico poderia ser de R$ 3,6 bilhões, mas o setor trabalha com R$ 1,8 bihão, considerando que teremos aproximadamente 400 mil cruzeiristas nesta temporada”, completa.

Como exemplo, só durante o mês de fevereiro deste ano, o número de turistas desembarcando no Estado do Rio foi de 134 mil passageiros, 57 mil cruzeiristas descendo só na capital fluminense, um aumento de 15% sobre o mesmo período do ano passado. Em janeiro de 2018, os cariocas em todo o estado recepcionaram 170 mil cruzeiristas. Isso significa uma injeção de quase R$ 100 milhões na economia local. A cidade do Rio de Janeiro recebeu 68 mil cruzeiros, com impacto econômico positivo de R$ 38 milhões.

Já no Estado de São Paulo, com roteiros escalando em Ilhabela, Santos e Ubatuba, somente nesta Temporada até o fim de fevereiro, mais de 465 mil turistas já desembarcaram na região, uma movimentação de mais de R$ 260 milhões.

Na Bahia, com Salvador e Ilhéus, os números também são positivos. Na capital baiana, mais de 153 mil turistas passaram por lá. No geral, o estado inteiro recebeu cerca de 200 mil passageiros, movimentando mais de R$ 89 milhões.

Temporada 2018/2019

De acordo com a CLIA – Brasil, a Temporada nacional de cruzeiros 2018/2019 prevê um aumento de 92 mil leitos em relação à 2017/2018, chegando a atingir 532 mil leitos totais em oferta. Comparado com a Temporada 2016/2017, o aumento é de incríveis 150 mil leitos, com os mesmos sete Navios em funcionamento atualmente.

Para Marco Ferraz, presidente da entidade no país, “a próxima agenda brasileira de cruzeiros marítimos, com início em novembro deste ano, terá um aumento de 21% no total de leitos para os Navios que operam no país”. Se o impacto econômico para o país no ano passado foi R$ 1,6 bilhão, a previsão para a atual Temporada é de R$ 1,8 bilhão, e para a próxima (2019/2020) é de R$ 2,2 bilhões. Em termos de empregos gerados, a relação é de 14 cruzeiristas para 1 posto de trabalho, e com o aumento da oferta, dos 25 mil empregos da última Temporada, chegaremos a 35,7 mil no próximo período.

Temporadas

Navios Configuração Cabines Itinerários Dias no Brasil*

Leitos Totais*

Crescimento

16/17

7 9.439 114 711

381.694

17/18

7 9.728 124

798

439.700

15.20%

18/19

7 10.536 142 843 496.000

13%

* Soma dos dias de todos os sete Navios na Temporada.

Comments are closed.